sábado, 16 de agosto de 2008

Morena do Mar

Senhor Dorival: retorne para o âmago da sua criação e síntese da sua grandeza! A Bahia lhe agradece. Sobre sua morte, como diria Clarice: "Tenho que não indagar do mistério para não trair o milagre". Iemanjá já lhe deu condução. Axé, mestre maior!
Ô morena do mar, oi eu, ô morena do mar
Ô morena do mar,sou eu que acabei de chegar
Ô morena do mar
Eu disse que ia voltar
Ai,eu disse que ia chegar,
Cheguei
Ô morena do mar, oi eu,
Ô morena do mar
Ô morena do mar,sou eu que acabei de chegar
Ô morena do mar
Eu disse que ia voltar
Ai,eu disse que ia chegar,
Cheguei
Para te agradar
Ai,eu trouxe os peixinhos do mar
Morena
Para te enfeitar,
Eu trouxe as conchinhas do mar
As estrelas do céu
Morena
E as estrelas do mar
Ai,as pratas e os ouros de Iemanjá
Ai,as pratas e os ouros de Iemanjá

Um comentário:

Carlos Barros disse...

Que beleza!
Texto e imagem perfeitos!!!!!!!!!