quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Adeus, Obá Kankanfô do Ilê Axé Opô Afonjá

Do lado direito: Obá Kankanfô
Faleceu ontem, dia 21 de janeiro de 2009, Antonio Albérico Sant'anna, o mais antigo dos obás do venerando terreiro Ilê Axé Opô Afonjá, o prestigiado Obá Kankanfô, mais uma enciclopédia humana que Iku nos leva. Filho de Miguel Sant'anna, Seu Albérico foi o último dos obás da primeira formação de Aninha Obá Biyi, e guardava consigo a memória de uma das tradições mais complexas do universo religioso dos orixás jeje-nagôs. Figura respeitabilíssima, torna-se uma perda irreparável para nós , povo-de-santo, que tanto precisamos prosseguir e nesses tempos bicudos de intolerância dos outros e de desencontros entre nós mesmos, muito precisamos de exemplos e da sabedoria como os deste homem que cumpriu altaneiramente a sua existência. Oriaxé - que Oyá lhe guie e que o Orun o abrigue com a dignidade merecida!

2 comentários:

Nina disse...

Vô... o caminho que foi trilhado o senhor percorreu com dignidade e responsabilidade! Conquistou o respeito e a admiração de muitos...
sempre vou sentir sua falta, mas... sei que onde o senhor estiver, estará bem e olhando por todos nós... Em nome do pai, do filho e do espírito santo! Amém...
TE AMO!

rosangela disse...

Siga em paz que Deus ilumine seu caminho, e que todos tenham certeza que Sr. Albérico foi um bom avô, um otimo sogro e uma pessoa maravilhosa que guardarei para sempre dentro do meu coração e na minha memória.Fui sua primeira nora, porém sempre o considerei como meu pai.
Que Deus ilumine sua nova tragetoria. Não devemos dizer Adeus, e sim até logo, pois a unca verdade que sabemos é que um dia nos encontraremos.
Que Yansã esteja sempre do seu lado