quinta-feira, 18 de junho de 2009

Sem imagens

Tenho que ir para dentro do indizível buscar o silêncio salvador. Vou ao Rio olhar um pouco do novo que procuro e me abastecer de esperança. Deus! Eu não desisti - Ensina-me a criar minhas próprias coisas e a tomar melhor conta de mim. Vou escrever para conseguir ir além e permanecer o suficiente...Preciso de Ti. Ouve-me de dentro eu que escrevo de medo! Por uma nova condução à luz de um amor ternura e companhia. Já!

Um comentário:

Jornalismo disse...

Marlon,

Te desejo uma boa viagem repleta de muitos conhecimentos pela frente!

Abraços do seu amigo Hugo Gonçalves.