sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Gal: 64 anos!

Gal Costa
Em mim, a voz dela sempre me foi azul piscina; um limiar entre a doçura e o erotismo; precisão em acertos e erros; canto pra chamar brisa, vento sereno. Uma mulher artista que faz falta em sua falta de atividade como cantora. Uma mulher que marcou minha história, embalou tantos sonhos, conduziu-me várias vezes às lágrimas...Uma espécie de grandeza que reluz este país. É isso, Gal Costa é o Brasil em sua busca de modernidade - é o Brasil em erros, mas mais que tudo é o Brasil acertando e afinado com o melhor que a música pode dar... Gal fará amanhã, dia 26 de setembro de 2009, 64 anos. Mulher dos folhetins especiais - a cara de uma Bahia sempre em transformação. Luz em Mãe, de Caetano Veloso, e devassas amorosas em tantas outras canções. Por onde anda Gal Costa? Sua voz está pregada aos tímpanos de nossa memória. Volta, queremos te ouvir cantar!

2 comentários:

Cs. disse...

Concordo contigo, Marlon querido. Por onde será que anda Gal? Por que esse afastamento tão prolongado? No meio desse mar de mediocridade, sinto saudades dos bons.
Beijos em você, da sua colega faconiana, Cris Siquara.

Marlon Marcos disse...

Pôxa, que bom tê-la por aqui!!! Beijos. Volte sempre!