domingo, 7 de novembro de 2010

Bento 16: adepto do amor que não ousa dizer o nome?

Monsenhor Georg Gänswein atrás de Bento 16, o Papa
Agora na frente
É simples como respirar. Indícios mais que visíveis e ele, Sua Santidade, a condenar aqueles, que entre os demais, são seus mais integrais irmãos: os gays. Hoje é um dia de domingo e eu sempre perco a direção; mas devo dizer: o Papa é feliz, sabe disso e não reparte com ninguém. E Oscar Wilde morreu humilhado, dilacerado, pobre, sendo um dos maiores artistas que o mundo conheceu. Por favor, chamem Luiz Mott.

Um comentário:

Carlos Barros disse...

Ah!
Não diga?
Será?

O veado, Greta Garbo...