sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Manolo Cardona, Contracorrente

O colombiano Manolo Cardona

"O 18º Festival Mix Brasil de Cinema da Diversidade Sexual será aberto em São Paulo no dia 11 de novembro. O evento será inaugurado com sessão para convidados no CineSesc, com o filme "Contracorrente" uma co-produção de Peru, França e Colômbia. Super tocante, o filme de Javier Fuentes-Léon é ambientado em um povoado do litoral peruano e conta a história de amor entre o pescador Miguel e o pintor Santiago. O primeiro é casado com Mariela e conta com o respeito de todos os moradores do lugar. Já o segundo é um artista forasteiro que ninguém entende muito bem. Os dois vivem um intenso romance às escondidas. No entanto, por uma daquelas armadilhas do destino, o casal é separado e a trama ganha contornos sobrenaturais. E é Miguel quem tem que encarar sua esposa grávida, os moradores da comunidade e sua própria sexualidade. Além da história em si, as cenas do belo litoral do Peru são uma atração à parte neste longa, que foi o mais votado pelo público durante o Festival de Sundance 2010."

3 comentários:

Rolando disse...

ola. tudo blz? estive por aqui. apareça lá. abraços.

Carlos Barros disse...

Mais uma história pra nos colocar frente è frente com a relação entre amor e sofrimento.
Mas, como diz Djavan: "não existe amor sem medo"


Até, mais, irmão!

Paulo Marcos Barros disse...

As cenas do belo litoral do Peru são uma atração à parte nesse filme.
Ele faz um convite a dor, e é claro a amar também. Quem falou que amar não é sofre?