quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Palmas para Nizan Guanaes

Nizan Guanaes

Eu ando tão desgostoso com Salvador, com seu empobrecimento generalizado, vivendo de uma paisagem linda mas descuidada; tão repetitiva, sem inspiração, fragmentária e sustentada pelos esforços hercúleos de alguns que tentam fazer a vida acontecer com mais inventividade do lado de cá.
Não sei quem ganha mais, se o ultrapassado Bell Marques ou o endinheirado publicitário Nizan Guanaes - nem tenho interesse em saber o que está por trás das declarações comparativas de Guanaes entre Salvador e o lider do Chiclete com Banana ( que ainda existe). A cidade e o vocalista:"Salvador está como Bell: careca e fingindo que tem trança. Esta indústria do axé personificada em Bell, só destrói a Bahia", 'twittou'o publicitário. Nesta crítica, por esta avaliação: muitas palmas.
Quero minha cidade de volta; mais viva e diversa! Um carnaval sem gessos, trazendo Luiz Caldas e Márcia Short de volta, dando o devido espaço a Carlinhos Brown e Daniela Mercury, incentivando os afoxés e os blocos afros, nos aproximando de outras sonoridades, de outras possibilidades musicais... Sei lá! Que tenha isso de Ivete Chiclete Claudia Leitte Durval Lélis; mas se abra para o novo, como o Samba da Igreja, a grandeza de Gerônimo, Mariene de Castro, o samba de Juliana Ribeiro. Isso aí, a minha Salvador deve se comparar a Juliana Ribeiro: frescor, beleza, talento, trabalho, persistência, criatividade, diplomacia, estudo, representatividade, vontade, nobreza, diálogo e realização!

Um comentário:

galcostafatal disse...

Oi, Marlon!

O que sinto falta é da essência e ela tem que existir, o belo tbm deve ser homenageado.

Ultimamente o que tem salvado, especialmente o carnaval da Bahia é a Daniela Mercury, aliás, em sentido geral, ela leva com classe o orgulho de ser da terra de todos os santos.

Terra de tantas maravilhas, de compositores e cantores, inesquecíveis.

Um abraço,
Cleicia.